Sobre Nós

A ideia de criar uma equipe que pudesse fazer algo grandioso em termos de esforço físico para chamar a atenção da população surgiu em 2014, quando eu participava da Conferência Internacional de Hipertensão Pulmonar, em Indianapolis, EUA. Durante um jantar, a PHAssociation fez o lançamento do Team PHenomenal Hope, uma equipe de 4 voluntárias, lideradas por 1 médica especialista em Hipertensão Pulmonar, que estavam atravessando os Estados Unidos de bicicleta para levantar fundos pela hipertensão pulmonar.

2016-team

Todo o “conjunto da obra” me impressionou: o enorme desafio físico, a doação ao projeto de 4 pessoas em se preparar para tamanho esforço, o entusiasmo de toda a equipe, o montante arrecadado e a grandiosidade do projeto. Aquilo ficou na minha cabeça, guardado em uma gaveta, esperando o momento certo para vir à tona.

No ano seguinte, em 2015, eu estava no México, também em um evento de Hipertensão Pulmonar, e comentei com a Julia Friedrich, diretora da área internacional da associação dos EUA (PHAssociation) quão impressionada eu havia ficado com aquilo e que estava amadurecendo a ideia de fazer algo similar no Brasil. O meu objetivo era poder trazer algum atleta do Team PHenomenal Hope para participar conosco de uma prova, pois achava que, ao ter um apoio internacional, pudéssemos alcançar uma melhor projeção.

Ela me respondeu que achava que o TPH (Team PHenomenal Hope) iria nos apoiar, sim, e logo me colocou em contato com a fundadora do projeto, Dra. Patricia George. Após algumas conversas, nossa conexão foi total: ela se encantou pela minha história de vida, pela nossa luta no Brasil diante de tantos entraves e abraçou o nosso projeto. A certa altura, ela me perguntou se eu já tinha um nome para a minha equipe, e eu disse que não (já havia quebrado muito a cabeça, mas não conseguia chegar a nome algum). Foi aí que ela fez o convite de criarmos o Team PHenomenal Hope Brasil, o primeiro braço internacional deste lindo projeto.

Para nós, é uma honra recebermos tamanho aporte de credibilidade e prestígio. Queremos usar o esporte como forma de comoção da população. Queremos que você nos apoie da forma que puder a divulgar a hipertensão pulmonar e, acima de tudo, a exigir dos órgãos competentes o provisionamento digno de tratamento aos pacientes.

Junte-se a nós. Assine o nosso abaixo-assinado.

Paula Menezes
Presidente- ABRAF